Frete Grátis para Sul e Sudeste a partir de R$ 249 | Frete Grátis para as demais regiões a partir de R$ 399
Atividades relaxantes para fazer com as crianças

Atividades relaxantes para fazer com as crianças

24 May, 2021

Não somos apenas nós que estamos exaustos. Estamos há mais de 1 ano dentro de casa, as crianças estão sem a rotina e o contato com os coleguinhas. As dificuldades são grandes para qualquer pessoa, independentemente da idade.

A maior diferença é que nós, adultos, temos a capacidade para expressar nossos sentimentos com mais precisão. Ao longo da vida, identificamos as ações que nos acalmam e nos irritam. Reunimos ferramentas para lidar com as diversas situações que enfrentamos. Mas as crianças ainda estão em um estágio inicial de aprendizado. Até por isso, a situação atual pode pesar mais para elas. Diante desse contexto, podemos pensar em algumas atividades relaxantes que ajudarão os pequenos e as pequenas a lidarem com tudo que está acontecendo.

Você já ouviu falar no pote da calma? Ele é inspirado no método Montessori e pode ser utilizado para acalmar crianças pequenas após uma situação de discussão ou choro. Esse pote, feito com tinta e glitter que se move dentro do recipiente, prende a atenção da criança. Ela se concentra no vidro e tem tempo para respirar e se acalmar.

Neste momento, é uma boa hora de deixá-la se expressar para que você entenda os motivos da tristeza ou da raiva.

Existem outras atividades relaxantes que adotam a técnica do mindfulness, que nada mais é do que trazer a atenção para o momento presente, de forma intencional e sem julgamento.

Elas são boas para diminuir a ansiedade e o estresse, além de dar mais capacidade para auto-regulação de sentimentos. Especificamente para as crianças, estudos apontam que o mindfulness indicou ganhos importantes nas esferas da empatia e autocompaixão.

Veja a seguir algumas opções de atividades de mindfulness para praticar com as crianças:

● Mindful eating: conduz a criança a comer um alimento e prestar atenção em todo o processo, desde as características do alimento (cheiro, cor, textura), o que elas provocam no corpo e o caminho que ele percorre;

● Prática da alga marinha: quando a criança está muito agitada, você propõe que ela é uma alga marinha dentro do mar e deve prestar atenção em seus movimentos conforme o movimento da água;

● Deitar ao ar livre, fazer algumas respirações profundas e olhar para o céu, conversando sobre o formato das nuvens e o que elas formam;

● Livro “Quietinho feito um sapo - exercícios de meditação para crianças (e seus pais)”, de Eline Snel, Editora Rocco;

● Jogo “Brincando de mindfulness”: traz exercícios para praticar a atenção plena com crianças;

● Programa "Mindfulness em família" do aplicativo Lojong.

Outras atividades comuns, como massinha de modelar, bolhas de sabão e colorir também podem ser bem relaxantes para as crianças.

Para crianças um pouco maiores, você pode adotar algumas dicas do vídeo da Smile and Learn sobre relaxamento. Ele traz alongamentos e se baseia na contração muscular para provocar relaxamento e aliviar tensões.

Seguindo a mesma ideia para aliviar tensões, podemos pensar também em técnicas de respiração. A mais simples e que pode ser feita em qualquer lugar é a “4x4x4”. Inspirar em 4 segundos, segurar 4 segundos, soltar 4 segundos. Repetir essa técnica por algumas vezes traz um relaxamento quase imediato. Mas, sem dúvidas, terá melhor resultado para crianças um pouco maiores.

Muito além das atividades relaxantes, papais e mamães devem ter bastante compreensão com as crianças neste momento. Assim como nós, elas estão cansadas, frustradas e já sofrerão um impacto negativo em seu desenvolvimento devido à ausência de contato social. Em muitos casos, elas ainda não conseguem manifestar sua frustração de uma maneira organizada. O choro, a raiva e a tristeza podem vir em forma de pirraça ou de isolamento. Por isso, é importante que nós tenhamos a consciência de que é preciso encontrar formas de aliviar as tensões do dia a dia em plena pandemia.

Essas atividades relaxantes são um bom início, não?

Título