Frete Grátis para Sul e Sudeste a partir de R$ 249 | Frete Grátis para as demais regiões a partir de R$ 399
Como lidar com as birras do seu filho?

Lidar com as birras do seu filho é um enorme desafio. Elas deixam qualquer adulto sem reação, principalmente se ocorrem em público. Um choro desavisado, e a criança já se joga no chão e começa a espernear. O que fazer diante dessas situações? Como lidar com essa cena, que provoca um misto de emoções? Listamos algumas dicas para você. Confira!

Entenda o motivo das birras

Apesar de irritante, as birras fazem parte da infância. E não existe uma idade para elas começarem. Para lidar com as birras, os pais precisam entender o que são elas. Birra é um sintoma que demonstra que a criança não está conseguindo digerir uma frustração, mas não tem habilidades ainda para se comunicar de outra forma. 

Mesmo sendo algo comum aos pequenos, o adulto não pode reforçar este comportamento na criança. E disso surge a segunda dica: papais e mamães não podem simplesmente reagir à birra. 

Não reaja

A criança não sabe lidar com seus sentimentos ainda. Mas os adultos, em teoria, já sabem. Para lidar com as birras, os pais devem agir conscientemente. Pense antes de tomar alguma atitude e coloque a paciência na frente.

Esteja atento(a) ao comportamento da criança

Há casos em que a birra é um indicativo de que algo não vai bem com a criança. Ela pode ocorrer por fome, cansaço ou sono. São os principais motivos, inclusive. Ela também pode ser desencadeada por momentos de estresse. Exaustão, separação dos pais, chegada do irmãozinho. Tudo isso interfere no emocional da criança, que só sabe se expressar dessa forma.

Por isso, para lidar com as birras, papais e mamães devem se atentar ao comportamento geral dos pequenos. A birra pode estar inserida em um contexto bem maior, como o ambiente familiar. Dependendo da situação, a ajuda profissional (terapeutas infantis) é valiosa.

Dê espaço para seu filho

Na hora da birra, a criança não escuta nada. Então, é provável que a conversa não seja a melhor solução neste momento. Por isso, dê espaço ao pequeno. Deixe-o extravasar sua frustração ou raiva. É um pouco como nós. Ele está fora de si e precisa de um momento para retomar a “consciência”. 

Uma boa ideia é levar a criança para um lugar reservado para que tenha privacidade. Deixá-la extravasar contribuir para que ela se expresse de uma forma não destrutiva. É um momento de aprendizado sobre frustração e autocontrole.

Mas fique de olho e perceba se não tem algum objeto em volta que pode colocá-la em perigo.

Crie distrações

Crianças são facilmente distraídas. Elas se concentram em um único assunto por pouco tempo. Considerando isso, para lidar com as birras do seu filho, crie distrações. Uma nova brincadeira ou proposta pode resolver o assunto. Em alguns casos, pode, inclusive, evitar a birra. Imagine que você acabou de dizer que não comprará o brinquedo da moda. Para prevenir, já peça ao filho para escolher o sabor do sorvete após o almoço ou pensar no lugar das próximas férias!

Converse com seu pequeno

Quando a situação já permitir o diálogo, ele entra em cena. Mesmo que as crianças tenham um vocabulário limitado para expressar sentimentos, papais e mamães devem promover uma conversa de maneira calma e confiante para lidar com as birras. Isso passa o recado ao filho de que a birra não está lhe atingindo. Mas mantenha a voz calma. Se ela se alterar, ocorre o efeito inverso.

Na conversa, tente entender o motivo. Mostre-se compreensivo(a) e diga que entende a frustração. Diga que já passou pela mesma situação.


Lidar com as birras faz parte da educação infantil. Papais e mamães devem se manter calmos e agirem como adultos. Nada de gritos, voz alterada ou ceder ao choro. Em muitos casos, um abraço forte e grande, em silêncio, acalma a criança. Ou até mesmo um lanchinho ou uma soneca. O ponto chave aqui é compreensão.

Quer entender ainda mais do universo infantil? Siga nosso perfil nas redes sociais e fique por dentro de conteúdos como esse!

  • Feb 06, 2020
  • Categoria: Posts
  • Comentários: 0
Título