Frete Grátis para Sul e Sudeste a partir de R$ 249 | Frete Grátis para as demais regiões a partir de R$ 399
Dicas de Podcasts para pais e mães

Dicas de Podcasts para pais e mães

07 Dec, 2020

Ei, mamães e papais. Estão todos bem por aí? Passamos por longos meses, dentro de casa, saindo só para realizar o essencial, em mercados e farmácias. Neste momento, temos um pouco mais de liberdade, mas a contribuição de todos continua sendo vital para o combate à pandemia no Brasil. Mantendo as medidas de higiene, as máscaras e a distância física, conseguiremos sair dessa, temos certeza disso. 

Para continuar nossa jornada de conhecimento e ajudá-los neste momento em que estamos mais em casa, a tecnologia é uma grande aliada, né? Por isso, viemos dar uma dica. Você costuma ouvir podcasts?

Podcast é um conteúdo em formato de áudio que, atualmente, é disponibilizado em diversas plataformas de streaming. Soundcloud, Spotify, Deezer, Tidal e iTunes são as principais. No entanto, há quem coloque tudo no YouTube (já que a plataforma é gratuita e, para subir nessas que citamos, há o pagamento de uma quantia módica). Independentemente da plataforma utilizada, a finalidade é uma só: debater e dar informação.

Muitas pessoas adoram os podcasts com notícias do país e do mundo. Tomam seu café da manhã escutando diversos conteúdos. Essa é a grande vantagem do podcast: você consegue fazer outra atividade enquanto ouve. Perfeito para papais e mamães que precisam ficar o tempo todo de olho nos pequenos, especialmente em tempos de quarentena, né?

E uma notícia ótima: existem muitos podcasts com o tema maternidade e paternidade, criação dos filhos e tudo que diz respeito ao universo das crianças. O podcast “Papai é pop” é famosíssimo, por exemplo. O palestrante Marcos Piangers, que possui mais de 300 mil livros vendidos, fala com humor sobre a realidade de um pai que exerce a paternidade ativamente. Dentre os assuntos que ele aborda, estão a presença do pai nos primeiros meses de vida dos filhos, economia doméstica, e outros tópicos pessoais. 

Já na perspectiva da mãe, nós adoramos o “Podcast é a mãe”. O assunto é maternidade real, sem mistérios e fantasias. As jornalistas mamães falam sobre muitas coisas, como rede de apoio e instinto materno, da forma mais realista possível. Não existe tabu para elas, que também falam de temas controversos.

Em maio, tivemos o lançamento do “Calcinha Larga”, podcast original do Spotify sobre mulheres, que traz momentos de descontração e espaço para discussão sobre a rotina. A primeira temporada fala sobre as mães que, antes de tudo, são mulheres com sonhos, trabalho e vida. Ele aborda alegrias e dificuldades de ser mãe sem romantização.

O “Maternitretas” também segue essa linha sobre a realidade materna e propõe um novo olhar sobre temas da maternidade. Isso significa debater as diferentes realidades das mamães espalhadas pelo Brasil e conhecer novas formas de pensar. Por isso, é um podcast muito interessante para que nos coloquemos no lugar de outras mamães. Lembra que falamos de empatia em outro momento? Essa é a proposta do Maternitretas, que também traz assuntos difíceis, como abandono parental, importância do livre brincar, entre outros.

E se estamos falando em diferentes realidades, é preciso se atentar às particularidades de papais e mamães negros. É a proposta do podcast “AfroPai”, podcast sobre paternidade negra. O próprio criador explica o objetivo do seu podcast: “Queremos romper com as estruturas. Queremos falar das nossas crias, das nossas experiências, das nossas angústias e medos e, principalmente, da nossa negritude”.

Outro podcast que nós gostamos muito é o Timirim. Criado por duas mulheres lactantes, elas compartilham conosco histórias, emoções e experiências de maternidade e paternidade real, com muito carinho e sem julgamento. Elas se baseiam no conceito de sororidade, que é o sentimento de solidariedade e empatia entre meninas e mulheres. Para elas, o importante é amparar as escolhas da mulher e mãe, considerando que cada gravidez é única, assim como as realidades.

O Tetas na mesa nasceu de 3 mulheres que se conheceram em uma roda de pós-parto. Após transformações profundas que passaram com a chegada das crianças, elas começaram a desabafar sobre as dificuldades normais que a maternidade trazia em uma sociedade patriarcal. Marcar um happy hour parece impossível, certo? Elas também acham. E resolveram conversar sobre isso no podcast!

Para finalizar nossas dicas de podcasts para papais e mamães, trouxemos um mais amplo, mas que frequentemente traz à tona o tema da maternidade e paternidade. É o podcast “É Noia Minha?”, de Camila Fremder. Ela divide com o ouvinte pensamentos desconfortáveis que passam pela sua cabeça. Recentemente, ela se perguntou se existe o checklist da mãe perfeita. E aí? Existe ou não? Claro que não!

São inúmeros os podcasts para papais e mamães que você pode encontrar pela internet. Esses são alguns que gostamos muito, pela diversidade de temas e de abrangência. Se você escuta um que adora, compartilhe conosco. Vamos trocar histórias!

Título