Frete Grátis para Sul e Sudeste a partir de R$ 249 | Frete Grátis para as demais regiões a partir de R$ 399
Hora do banho das crianças: tudo que você gostaria de saber!

Hora do banho das crianças: tudo que você gostaria de saber!

17 Dec, 2019

A hora do banho das crianças é um momento delicado do dia ou é uma farra? Papais e mamães podem aproveitar essa hora para estimular o desenvolvimento saudável e feliz dos seus pequenos. Mas podem surgir algumas dúvidas. Melhor tomar banho com o bebê no chuveiro ou dar banho na banheira? A partir de quantos anos as crianças podem tomar banho sozinhas? Veja a seguir tudo que vocês querem saber sobre o banho das crianças!

Banho de bebê

O bebê se desenvolve social e emocionalmente com cada atividade. O banho também se inclui nesse grupo. Além de melhorar as habilidades motoras do bebê, é um momento de criar laços, relaxar e brincar. É também a hora de compartilhar descobertas. Mas o que vocês precisam saber sobre o banho do bebê? Veja alguns pontos importantes:

  • A água sozinha não remove as impurezas da pele dos bebês. Fraldas e roupas deixam “sujeirinhas” lipossolúveis que podem destruir a barreira de proteção da pele;
  • Utilize um sabonete próprio para a pele do bebê, líquido ou sólido;
  • Não deixe a água ficar muito quente (não pode passar dos 48 graus) para evitar queimaduras;
  • Limpe somente o que vocês conseguem ver, evitando inserir objetos no ouvido ou no nariz da criança;
  • Perceba os hábitos do seu pequeno. Alguns não gostam de tomar banho após mamar, por exemplo;
  • Nunca deixe seu bebê sozinho no banho, mesmo que tenha pouquíssima água na banheira;
  • Faça uma massagem suave após o banho, com loção específica para bebês, de modo a manter a pele hidratada por 24 horas.

Banho acompanhado ou não?

Há muitas polêmicas sobre o banho das crianças quando o assunto é tomar banho junto com o bebê. Isso porque pode ser perigoso. No entanto, não é uma prática proibida. Basta procurar orientação com os médicos caso queiram tomar banho no chuveiro com seus bebês.

A recomendação geral é escolher uma forma que tenha estabilidade. Sentar em um banco pode ajudar. Os pais devem se certificar que a pressão do jato do chuveiro não está muito forte na moleira. O uso de tapetes antiderrapantes é fundamental para evitar o risco de queda. 

A partir do momento em que a criança consegue ficar em pé sozinha, ensaboá-la se torna uma atividade mais simples. Mas fiquem de olho e evitem distrações. Lembre-se de que os pequenos estão em desenvolvimento.

Brincadeiras para o banho das crianças

Espirrar água da esponja ou fazer um brinquedo boiar. Bater na água, oferecer objetos novos. Existem muitas brincadeiras para o banho das crianças. Papais e mamães podem aproveitar esse momento para incentivar o aprendizado dos seus pequenos e nutrir o vínculo com eles.

Para os mais novinhos, vocês podem experimentar brincadeiras sensoriais. Cores e espumas são as preferidas. Usar chá na água do banho é uma opção para colorir e despertar cheiros. A espuma tem textura interessante e pode chamar bastante a atenção.

Na medida em que ele cresce e fica sentado, já é possível pensar em brincar com a água e com objetos. Mas nada de deixar a espuma de lado. Ela é realmente encantadora. Quando o banho da criança acontece no chuveiro, a coisa muda de figura. Ali, realmente, pode ser o lugar da diversão. Que tal propor desenhos no azulejo? Utilize as tintas que saem com água e pronto. Brincadeira garantida.

Banho independente!

Uma dúvida comum para os pais é o banho independente. A partir de qual idade posso deixar meu filho tomar banho sozinho? O “treinamento” pode começar aos 5 ou 6 anos. Os 7 anos são a idade em que se espera que a criança faça sua própria higiene com autonomia. 

O segredo da hora do banho das crianças independentes é orientar. No início, fiquem por perto e expliquem como limpar cada parte do corpo. Repitam quantas vezes for necessário para que a criança se sinta segura e pronta. Mesmo assim, não deixe de verificar se ela se lavou de maneira correta.

Uma dica importante: não pule a etapa da orientação. Ninguém aprende nada de um dia para o outro. Uma boa ideia é tomar banho juntos para ensinar. E tenha paciência. Algumas crianças odeiam banho. Então, as brincadeiras podem ajudar neste momento. O importante é se lavar.


Higiene é algo que deve ser levada a sério. Afinal, é saúde. Por isso, na hora do banho das crianças, saiba como agir. Mesmo que elas não gostem do momento, as brincadeiras podem tornar tudo mais fácil.


Falando em banho, você sabe quais os cuidados deve ter com a pele do bebê? Veja no blog!
Título