Frete Grátis para Sul e Sudeste a partir de R$ 249
Frete grátis para as demais regiões a partir de R$ 399
Frete Grátis para Sul e Sudeste a partir de R$ 249 | Frete Grátis para as demais regiões a partir de R$ 399
Lancheira saudável: confira 5 dicas para montar uma

Uma lancheira saudável é sinônimo de alimentação equilibrada. Mamães e papais que têm preocupação com isso dão um passo importante para incutir bons hábitos em suas crianças. Na rotina da semana, precisam organizar e planejar os alimentos que serão consumidos na escolinha. Mas como montar uma lancheira saudável? Confira nossas 5 dicas valiosas!

Envolva o pequeno na montagem

Crianças são curiosas. Certamente elas perguntarão a vocês, do jeitinho delas, sobre os alimentos e a montagem dessa lancheira saudável. A melhor forma de fazê-las entender a importância da alimentação é explicar os benefícios de cada alimento. Isso inclui levá-las ao supermercado ou à feira para escolher o que fará parte dos lanches da semana. 

Além dessa experiência prática, vale a pena apresentar livros de receitas e exemplos lúdicos sobre a alimentação. Vocês podem propor que eles montem a lancheira dentro das opções saudáveis. Assim, eles aprendem a ter autonomia e a fazer boas escolhas alimentares.

Outra boa dica é sempre conversar com os pequenos, sem subestimar a capacidade deles de compreenderem o diálogo. 

Planeje a lancheira saudável

Uma alimentação saudável também foge da monotonia alimentar. Para que isso seja possível, papais e mamães devem planejar com antecedência os lanches das crianças. Pense em um cardápio semanal, considerando:

  • Os grupos alimentares: separe uma fonte de proteína ou lácteo, legume ou fruta in natura, um carboidrato e uma bebida para hidratar;
  • A idade da criança, uma vez que cada faixa etária tem necessidades calóricas e nutricionais diferentes;
  • A refeição que ela realiza antes de ir à escola (café da manhã ou almoço);
  • O período em que a criança estuda (manhã ou tarde);
  • A intensidade das atividades físicas;
  • As possíveis alergias alimentares;
  • A temperatura do dia.

Insira novos alimentos

Nutricionistas apontam que a hora de montar uma lancheira saudável é perfeita para apresentar alimentos diferentes às crianças. Em muitos casos, elas já estão dispostas a expandir o olhar e o paladar, com mais aceitação em experimentar sabores diversos.

Para os pequenos mais difíceis, uma boa dica para inserir novos alimentos é abusar da criatividade. Já existem forminhas divertidas para cortar frutas, pães e outros alimentos. Com uma apresentação atraente, fica mais fácil inserir esses sabores.

Prefira alimentos naturais

Uma lancheira saudável tenta abranger os grupos alimentares da maneira mais natural possível. Afinal, açúcar, conservantes e gordura, muito presentes nos produtos industrializados, não agregam muita coisa à saúde. 

Por isso, papais e mamães devem optar por pães, bolos ou biscoitos integrais, de arroz ou de milho, multigrãos. Eles são mais saudáveis do que pães brancos, biscoitos recheados e salgadinhos. Quanto às bebidas, sucos naturais prevalecem sobre sucos de caixinha, achocolatados e refrigerantes.

No mesmo sentido, na hora de colocar as frutas na lancheira saudável, tente explorar ao máximo as opções orgânicas, livres de agrotóxicos e outras substâncias. 

Evite alguns alimentos

Considerando a preferência pelos alimentos naturais, na hora de montar a lancheira saudável das suas crianças, evitem tudo aquilo que não possui valor nutricional. É comum que papais e mamães estejam sempre na correria e escolham os alimentos mais práticos, que normalmente são industrializados. Para evitar essa “tentação”, o melhor é não tê-los em casa.

É importante ter em mente que nenhuma comida é proibida. Expliquem isso às crianças, dizendo que há momentos em que esses alimentos podem ser consumidos, como nos finais de semana e nas festas. No dia a dia, tente evitar:

  • Doces com excesso de corantes e aditivos químicos (pirulitos, balas, jujubas etc.);
  • Bebidas industrializadas (refrigerantes e sucos de caixinha);
  • Embutidos em excesso (salame, presunto ou peito de peru);
  • Alimentos ultra processados e industrializados;
  • Produtos diet ou light;
  • Fast-food.

Com essas 5 dicas para montar uma lancheira saudável, vocês conseguem transmitir aos pequenos a importância de uma alimentação saudável no dia a dia, sem proibições e com consciência. Mas lembrem sempre que o exemplo é o melhor caminho. Não adianta montar um super lanche para as crianças se vocês não adotam a mesma conduta.

Quer uma dica final? Chame os pequenos para ver o que você levará para o trabalho. Mostrem-se tão saudáveis quanto eles. Certamente, ficará mais fácil convencê-los!

  • Nov 20, 2019
  • Categoria: Posts
  • Comentários: 0
Título