Frete Grátis para Sul e Sudeste a partir de R$ 349 | Frete Grátis para as demais regiões a partir de R$ 499
Uso de terapias alternativas com as crianças

Uso de terapias alternativas com as crianças

23 Jun, 2022

Se nós, adultos, estamos estressados após tanto tempo em casa, sem poder sair para se divertir, já pensou como estão as crianças? Por mais difícil que seja controlar as emoções, passamos por situações ao longo das décadas que nos ajudaram a desenvolver ferramentas para lidar com frustrações, tristezas e perdas. Mas as crianças não têm tantos mecanismos assim.

Por isso, em muitos casos, é interessante encontrar algo que possa ajudá-las com a saúde mental e emocional. E as terapias alternativas são ótimas opções, você as conhece? Listamos 4 aqui para você conhecer:

  • Massagem Ayurvédica;
  • Acupuntura;
  • Meditação;
  • Ioga.

Ayurveda (ciência da vida) é a medicina milenar indiana cujo foco é prevenção, desintoxicação, rejuvenescimento e tratamento. Ela promove melhora na imunidade e no sono, equilibra os sistemas hormonal e nervoso, ameniza o estresse e o excesso de atividade mental e diminui as dores no corpo. 

A massagem ayurvédica (Abhyanga) serve para nutrir as células, aumentar a força do tecido, remover toxinas do corpo e melhorar a circulação do sangue. Para as crianças, ela melhora a concentração e a imunidade, auxilia com a ansiedade e com a dificuldade para dormir. Se você tem um(a) filho(a) muito agitado(a), é uma opção interessante.

A acupuntura já é uma técnica mais conhecida por tratar questões físicas e emocionais. Ela também ajuda bastante com a imunidade, o estresse e a ansiedade. Isso significa que, para as crianças, é uma excelente opção para melhorar o estado emocional. Há relatos de melhorias inclusive  no comportamento escolar. 

Essa técnica pode ser associada com outras terapias, como cristais, aromaterapia e reiki, o que é ótimo. “Ah, mas minha filha não suporta agulha”. Não tem problema. Você sabia que é possível utilizar sementes? E os(as) terapeutas são muito habilidosos(as). Se precisar de uma agulhinha, pode ficar tranquila(o) que vai dar certo.

Outra terapia alternativa amplamente conhecida é a meditação. Ela vem ganhando mais espaço nos últimos anos com a “popularização” do Mindfulness, que é adotado inclusive em escolas infantis. Um grande benefício que vemos na meditação é a capacidade que ela nos dá de controlar as emoções. 

A prática meditativa nos ajuda a desenvolver muitas competências socioemocionais, como foco no presente, autocompaixão, concentração e muito mais. E é possível começar bem simples, com exercícios de respiração e poucos minutos.

Por fim, para fechar nossas terapias alternativas para crianças, a ioga é uma prática completa. Além de trazer mais flexibilidade e força física, a prática ajuda a criança a ter mais consciência corporal e coordenação motora. Ao mesmo tempo, diminui a ansiedade e aumenta a capacidade criativa.

Se papais e mamães toparem fazer juntos, ainda melhor. Ela trará os benefícios próprios da prática e será uma oportunidade de interação familiar muito gostosa. Caso queira introduzir a ioga com calma nas crianças, pense no livro “O dente de leite de Ganesha”. Ele traz a historinha de Ganesha, uma criança com cabeça de elefante que é também um deus hindu.

Com essas 4 terapias alternativas, papais e mamães conseguem proporcionar às crianças um alento em meio a esse agitado e difícil cotidiano que estamos vivendo. 

Você tem alguma outra terapia alternativa que já adotou com as crianças?

Título